Os Habitantes de Sião Observarão o Dia do Senhor

    Os habitantes de Sião observarão o dia do Senhor.
    Élder Claudio R. M. Costa

    O Senhor declara, em Isaías 58, versículo 13, o seguinte: “Se desviares teu pé do sábado, de fazeres a tua vontade no meu santo dia, e chamares ao sábado deleitoso, e o santo dia do Senhor, digno de honra, e o honrares não seguindo os teus caminhos, nem pretendendo fazer a tua própria vontade, nem falares as tuas próprias palavras”.

    Ele continua no versículo 14: “Então te deleitarás no Senhor, e te farei cavalgar sobre as alturas da terra, e te sustentarei com a herança de teu pai Jacó; porque a boca do Senhor o disse”.

    Que promessa grandiosa vinda de um Deus amoroso e que deseja compartilhar tudo o que Ele tem com aqueles que obedecem a Seus mandamentos. Ele mesmo, nosso Deus eterno, ao dar a tábua dos mandamentos a Moisés para que ele ensinasse Seu povo, deu o mandamento sobre o dia consagrado com estas palavras: “Lembra-te do dia do sábado, para o santificar” (Êxodo 20:8).

    O Dia do Senhor pode e deve ser um dia deleitoso para todos os Seus filhos e Suas filhas. Deve ser um dia especial, um dia em que Seu Espírito seja sentido por todos nós.

    Eu gostaria muito que todos os membros da Igreja, e os não membros também, sentissem o espírito desse dia maravilhoso. Gostaria que todos se deleitassem no dia consagrado, fazendo pequenas coisas que agradam a Deus.

    Gostaria muito que cada indivíduo e cada família de nossa Área se reunisse para conversar e ponderar sobre esse assunto, e que cada um decidisse o que gostaria de fazer no dia consagrado como sua oferta ao Senhor a cada semana.

    O Senhor ensinou nas escrituras o que Ele quer que façamos no dia consagrado: devemos ir à casa de oração e oferecer nossos sacramentos e nossas oblações ao Altíssimo. Ele nos manda preparar nosso alimento com singeleza de coração, jejuar no Seu dia e fazer tudo isso com o coração e o semblante alegre. Ele promete que, se fizermos essas coisas, a plenitude da Terra será nossa (ver Doutrina e Convênios 59:9–16).

    Ele ensinou o que gostaria que fizéssemos no Seu dia consagrado e nada do que o Senhor pede é difícil de ser feito. São algumas coisas bem simples que nos trarão bênçãos enormes.

    Pensando em algo que pudesse nos ajudar individualmente e em família, a Presidência da Área preparou um cartão que pode ser utilizado pelos membros e pelas famílias para discutir, ponderar e anotar o que gostariam de fazer no Dia do Senhor como um sinal para Ele de nosso amor, nosso respeito, nossa gratidão e nossa maneira de honrá-Lo.

    Esse cartão encontra-se nesta edição da revista, e você também poderá encontrá-lo no site www.LDS.org.br para imprimir e utilizar em suas noites familiares, em suas conversas e em seu aprendizado sobre o Dia do Senhor com sua família.

    Espero que isso seja de grande ajuda para que você e sua família se organizem melhor e decidam o que gostariam de fazer no Dia do Senhor.

    Frequentemente falo sobre meu desejo de que Sião seja estabelecida no lar de cada membro da Igreja em nossa Área e guardar o Dia do Senhor adequadamente é algo que o povo de Sião faz. Aprendemos em Doutrina e Convênios 68:29: “E os habitantes de Sião também observarão o dia do Senhor para santificá-lo”. Em nome de Jesus Cristo. Amém.