Pular para a Navegação Principal
Conheça o Livro de Mórmon e seu conteúdo a respeito do amor de Jesus Cristo e sua Igreja. 

Conheça mais sobre o Livro de Mórmon

imagen das placas de ouro, livro de Mormon

O que é o Livro de Mórmon? 

O Livro de Mórmon é um outro testamento de Jesus Cristo. Contém a história de várias gerações de profetas, entre eles Leí, que viveu em Jerusalém cerca de 600 anos antes de Cristo, e foi ordenado por Deus a liderar um pequeno grupo de pessoas ao continente americano. Ali, essas pessoas constituíram uma grande civilização. 

Breve história do Livro de Mórmon 

O livro recebeu o nome de Mórmon, um dos últimos profetas antigos. Ele reuniu vários séculos de registros de maneira concisa em placas de ouro, que foram passadas a seu filho Morôni, o último sobrevivente conhecido de sua nação. Morôni enterrou essas placas em um monte no território onde, futuramente, seria o Estado de Nova York. 

Morôni retornou em 1823, como um anjo, e guiou o jovem Joseph Smith para revelar as placas escondidas. Mesmo sem conhecer o idioma original das escrituras, Smith recebeu o dom e poder de Deus para realizar a tradução do conteúdo, em menos de três meses. 

Joseph Smith recebeu um chamado extraordinário e manteve-se digno das bênçãos, restaurando a Igreja de Jesus Cristo nos tempos modernos e espalhando a mensagem divina como profeta, vidente, revelador e tradutor. 

Quem foi Mórmon? 

Mórmon foi um profeta e general militar que viveu aproximadamente entre os anos 311 e 385 depois de Cristo (Mórmon 1:266:5–68:2–3). Ele era nefita, povo descendente de Néfi, um dos filhos de Leí. 

Além de registrar a história de sua própria época, Mórmon também resumiu séculos de escrituras sagradas em placas de ouro que, posteriormente, foram passadas a seu filho Morôni e traduzidas por Joseph Smith. 

A ele é atribuído o nome das escrituras sagradas que guiam a pregação e estudos pessoais dos Santos dos Últimos Dias, ao lado da Bíblia, o Livro de Mórmon. 

Sobre o que fala o Livro de Mórmon? 

O Livro de Mórmon é composto de vários registros do povo descendente do profeta Leí, que deixou Jerusalém em direção ao Novo Mundo. Deus continuou a chamar profetas entre essas pessoas, que mantiveram e escreveram a coleção de escritos. 

Além de contar a história do povo de Leí, que viveu e espalhou-se pelo continente americano, o Livro de Mórmon também confirma, como outro testamento de Cristo, a realidade e a divindade do Filho de Deus. Os profetas responsáveis pelas escrituras conheciam o Plano Celestial e a missão de Jesus Cristo. 

Nos textos sagrados do Livro de Mórmon está revelada a passagem da visita de Jesus Cristo, após Sua ressurreição, ao povo das Américas. O Salvador ensinou-lhes o evangelho e ali organizou sua Igreja, que seria restaurada por Joseph Smith no século XIX, com a descoberta, tradução e publicação do Livro de Mórmon. 

As escrituras do Livro incluem ensinamentos de Jesus Cristo, testificando Sua Expiação e Seu amor. O Livro de Mórmon não é contrário à Bíblia, ambos se complementam. Enquanto os registros traduzidos por Joseph Smith confirmam o conteúdo dos dois testamentos da Bíblia, os textos sagrados da Bíblia também contêm profecias sobre os povos na América. 

O encerramento do Livro de Mórmon é feito com uma grandiosa promessa de que aqueles que o lerem e orarem sinceramente a seu respeito saberão pelo Espírito Santo que ele é verdadeiro (Morôni 10:4). 

Desde sua publicação pelo profeta Joseph Smith, o Livro de Mórmon já foi traduzido para mais de 80 línguas e em breve estará disponível em formato de vídeo em um novo canal no LDS.org. A biblioteca visual do Livro de Mórmon será composta por uma série de vídeos curtos e de fácil compreensão. 

Converse com um missionário ou visite uma de nossas capelas

Você também pode ler a Bíblia e o Livro de Mórmon em formato digital, na íntegra. 

Conteúdo relacionado 

Onde Estou? 

Aceitar o Tempo e a Vontade do Senhor 

Seis Dicas para um Estudo Bem-Sucedido das Escrituras 

Posso Ler o Livro de Mórmon